Voo 447: peritos da PF chegam a Fernando de Noronha

Cinco peritos da Polícia Federal (PF) de Brasília especializados na identificação de corpos desembarcaram neste sábado (6) em Fernando de Noronha. Os policiais, que vieram num avião da Força Aérea Brasileira (FAB), são os primeiros integrantes da corporação a chegarem ao arquipélago desde o desaparecimento do Airbus A330 da Air France. Eles não deram entrevista.

Agência Estado |


Também hoje, duas barracas de campanha começaram a ser armadas na área externa do Destacamento Militar do arquipélago. Elas serão utilizadas para dar apoio logístico aos 150 militares da Aeronáutica e aos 631 da Marinha envolvidos na operação de buscas por sobreviventes e destroços do avião francês. Desse efetivo total, 45 estão em Noronha.

O avião-radar R99, que localizou os primeiros materiais que poderiam ser do avião francês, efetuou hoje uma viagem. A aeronave decolou às 7h10 e aterrissou às 10h35. Dois navios da Marinha vão se juntar aos outros três que já atuam na região de buscas no oceano. A fragata Bosísio, equipada com um helicóptero, encontrava-se nesta manhã a cerca de 20 km de Fernando de Noronha e deve chegar à área das buscas amanhã. Para o dia seguinte, está prevista a chegada do navio-tanque Gastão Motta, que abastecerá as demais embarcações.

A aeronave da Air France desapareceu no Oceano Atlântico com 228 pessoas a bordo durante o trajeto Rio de Janeiro-Paris. De acordo com a companhia e a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), 58 brasileiros embarcaram na aeronave. O último contato do Airbus ocorreu às 23h14 de domingo.

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

    Leia tudo sobre: acidente

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG