Primeiros destroços do voo 447 chegam ao Recife nesta sexta

Trinta e sete peças dos destroços do voo 447 encontrados pelas equipes de buscas desembarcam no Recife nesta sexta-feira (12). O horário ainda será confirmado pela Aeronautica, em coletiva realizada às 11h. O material será trazido de Natal, onde a fragata Grajaú atracou na última quinta-feira (11) com as pelças, pela aeronave C 130 da FAB e será colocado à disposição dos investigadores franceses.

Socorro Macedo, especial para o Último Segundo |

Dos 44 corpos encontrados, 16 estão no IML do Recife, 25 estão sendo pré-identificados em Noronha e três, à bordo da fragata Constituição que deve chegar na madrugada deste sábado (13) em Fernando de Noronha.

Depois de passar por Fernando de Noronha, a fragata Constituição deve chegar ao Porto do Recife, no Bairro do Recife, com mais destroços do voo neste domingo (14), quando fará o reabastecimento. Entre os destroços, está a cauda encontrada pela equipe de busca.

De acordo com o tenente-brigadeiro Ramon Borges Cardoso, diretor do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), será preciso utilizar um guindaste para retirar esse material da embarcação.

Ainda segundo o brigadeiro, não está definido como os destroços serão estocados no Recife. "Isso será definido pelas autoridades aeronáuticas da França, por meio de seu órgão de investigação de acidentes aéreos, o Bureau Denquêtes et DAnalises pour la Securité de lAviation civile (BEA)", disse.

Dois investigadores do BEA , um engenheiro de estruturas da Air Bus e um engenheiro de estruturas da Air France deverão chegar ao Recife, neste domingo (14). O efetivo atual da Marinha na operação chega a 585 militares. A FAB permanece com 255.

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

Leia mais sobre: voo 447

    Leia tudo sobre: voo447

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG