Parentes de vítimas do voo 447 desembarcam no Recife

Na madrugada desta sexta-feira (12), familiares de vítimas do voo 447 da Air France chegaram ao Recife para acompanhar a identificação dos corpos das vítimas. Os trabalhos no IML iniciaram na tarde da última quinta-feira (11). Eles partiram no fim da noite de quinta-feira do Rio de Janeiro com destino a capital pernambucana.

Socorro Macedo, especial para o Último Segundo |

Meu objetivo é ver os corpos e contribuir no reconhecimento. Quero saber das informações diretamente na fonte, conversar com os peritos, ver todas as possibilidades que existem, quanto tempo essa etapa vai demorar. Faremos tudo o que for necessário para facilitar o trabalho, afirmou, por telefone, o gerente de hotel Marteen van Sluijs, ao  "Jornal do Commercio" de Pernambuco.

Outro que embarcou para o Recife foi o aposentado Nelson Marinho, pai do mecânico de engrenagens Nelson Marinho Filho, 40 anos. Ele disse que faz questão de ver todos os corpos resgatados, um a um. Sou capaz de reconhecer meu filho. Nesse momento, a participação dos familiares é muito importante. Podemos ajudar com informações e detalhes que facilitam e agilizam a identificação, afirmou ao jornal.

Na coletiva realizada na última quinta-feira (11) pela FAB e Marinha, o tenente-brigadeiro Ramon Borges Cardoso, diretor do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (Decea), disse que os parentes manifestaram o interesse de vir ao Recife.

"Não sabemos se eles desejam informações sobre o trabalho de buscas ou de reonhecimentos dos corpos. Se o interesse for por acompanhar o trabalho de reconhecimento dos corpos, eles precisam entrar em contato com a Polícia Federal e o IML, explicou.

Segundo a Polícia Federal e o IML, até o momento, ainda não houve nenhuma solicitação de reconhecimento dos corpos por partes dos familiares.

Operação de buscas

O Comando da Marinha e o Comando da Aeronáutica confirmaram na noite desta quinta-feira (11) o resgate de mais três corpos de vítimas do acidente com o voo 447 da Air France, desaparecido desde domingo (31). Com isso, chega a 44 o total de corpos encontrados.

Segundo o brigadeiro Ramon Cardoso, os corpos, que foram localizados na área de Dacar, no Senegal, já estão na fragata Constituição e devem chegar a Fernando de Noronha na madrugada deste sábado.

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

Leia mais sobre: voo 447

    Leia tudo sobre: voo447

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG