Parentes de passageiros do voo 447 serão transferidos de hotel

RIO DE JANEIRO - A companhia aérea Air France informou nesta segunda-feira que os parentes dos passageiros do voo 447 que estão hospedados no hotel Windsor, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, serão transferidos, até terça-feira, para um hotel no centro da capital fluminense.

Anderson Dezan, repórter do Último Segundo no Rio |


Os familiares serão levados para o hotel Guanabara. Para minha mãe, já foi feita uma reserva no hotel Guanabara, disse Maarten Van Sluijs, irmão de Adriana Francisca, uma das passageiras do voo 447.

Segundo a Air France, a mudança é necessária porque o Windsor só possui disponibilidade para receber os parentes até esta segunda-feira, já que o hotel irá sediar um evento a partir de quarta-feira.

A companhia aérea francesa informou, ainda, que serão encaminhados para o hotel os familiares que assim desejarem. No novo local, segundo a empresa, eles irão receber o mesmo tratamento, inclusive o apoio dos oficiais da Marinha e da Aeronáutica.

A Air France também informou, nesta segunda-feira, que, a princípio, a coleta de materiais genéticos dos parentes hospedados no Windsor foi finalizada. O processo foi realizado por legistas da Polícia Federal e servirá para identificar os corpos encontrados no local onde teria acontecido o acidente aéreo com o Airbus A330.

Aqui no hotel, a coleta já foi desmobilizada, afirmou Maarten Van Sluijs. É muito difícil você coletar um material que vai servir para elucidar o reconhecimento da minha irmã.

Voo 447 da Air France

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

    Leia tudo sobre: avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG