Navio francês sai de Cabo Verde para procurar caixas-pretas do Airbus

O navio francês Pourquoi Pas saiu nesta terça-feira de Cabo Verde para ajudar na busca pelas caixas-pretas do avião da Air France que caiu no oceano Atlântico na madrugada do dia 1º de junho com 228 pessoas a bordo, informou a embaixada francesa em Cidade de Praia.

AFP |

"O barco de busca saiu na noite de 8 de junho, às 21h locais (20h GMT), e deve chegar ao local na quinta-feira para começar seu trabalho de localização e recuperação das caixas-pretas do AF 447", indicou a mesma fonte.

O navio transporta três robôs submarinos, dois dos quais podem descer até 6.000 metros de profundidade. Um deles, que opera initerruptamente por 12 horas, circula em triângulos e é capaz de captar todo tipo de sinal para identificar a localização exata das caixas-pretas, segundo a embaixada.

Vários especialistas e cientistas irão a bordo do navio, assim como a equipe do Escritório de Invetigação e Análise (BEA), além de um representante da Air France e outro da Airbus. O grupo vai acompanhado de quatro gendarmes especializados em investigação judicial.

Se os sinais das caixas-pretas forem detectados pelo submarino nuclear de ataque francês Emeraude, que possui sonares ultra-sensíveis, apenas o 'Porquoi Pas' será capaz de localizá-las com precisão e trazê-las a bordo, segundo a embaixada.

O barco do Instituto Francês de Investigação para a Exploração do Mar (Ifremer) atracou em Cabo Verde de domingo para segunda para receber material e 28 pessoas.

"A colaboração de Cabo Verde foi muito eficaz", destacou a embaixada da França.

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também


    Leia tudo sobre: air france 447

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG