Mais dois corpos foram encontrados, diz parente de vítima

RIO DE JANEIRO - Maarten van Sluijs, irmão de Adriana van Sluijs, uma das passageiras do voo 447 da Air France, disse nesta segunda-feira que os familiares das vítimas hospedados no hotel Windsor, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, foram informados pela Força Aérea Brasileira (FAB) que mais dois corpos foram encontrados nesta manhã. Com isso, sobe para 19 o número de corpos encontrados.

Redação |

Até este domingo, os comandos da Marinha e da Aeronáutica haviam anunciado o resgate de  17 corpos de vítimas do acidente com o voo da Air France.

A Fragata Constituição, da Marinha brasileira, está levando para Fernando de Noronha os cinco corpos anunciados desde a manhã deste domingo. Outros corpos serão transportados pelo navio Patrulha Grajaú. A previsão é que chegue ao destino nesta terça-feira. 

A distância em que os corpos foram encontrados é a mesma entre o São Paulo e Porto Alegre, o que seria a cerca de 1.166 km da costa do Recife. 

Voo 447 da Air France

Identificação de corpos e peças

A identificação dos corpos será feita conjuntamente por peritos da Polícia Civil de Pernambuco e pela Polícia Federal . A liberação será feita por legistas do IML de Pernambuco. A Polícia Federal auxiliará com os exames genéticos e confrontos de impressões digitais.

Transporte dos achados

O fragata Constituição chega a até 300 km do litoral de Fernando de Noronha. De lá, uma aeronave tem que buscar os corpos. A partir de Fernando de Noronha, vão para Recife e descem na base aérea. "Os navios possuem equipamentos necessários e câmaras frigoríficas para conservar os corpos" disse o capitão-de-fragata da Marinha, Gilcemar Tabosa Cardoso.

Buscas

Seis navios continuam retirando materiais da região com destroços. Destes, cinco são brasileiros e um é francês. A prioridade das buscas, segundo a Marinha, é, primeiro, para corpos, e depois para destroços.
Além dos navios, a Força Aérea Brasileira disponibilizou 12 aeronaves, e a França, mais 2.

"A busca e resagate dos corpos e achados é de responsabilidade da Marinha e da Força Aérea. Os pertences localizados são de responsabilidade da Air France. A investigação será feita pelas autoridades francesas e a identificação dos corpos pela Polícia Federal e pela Polícia Civil", disse o tenente-coronel Henry Munhoz.

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

    Leia tudo sobre: acidente aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG