Interpol vai ajudar a coordenar identificação dos corpos

A Interpol vai ajudar a coordenar a identificação dos corpos das vítimas do voo Air France 447 que caiu no Atlântico na madrugada de 31 de maio para 1º de junho com 228 pessoas a bordo, anunciou nesta terça-feira a organização policial em um comunicado recebido em Paris.

AFP |

"Como as vítimas desta tragédia são originárias de diversas partes do mundo, a colaboração internacional será essencial para garantir que sua recuperação e sua identificação sejam feitas de forma confiável, digna e rápida", declarou o secretário geral da Interpol, Ronald Noble.

As Marinhas brasileira e francesa resgataram 28 corpos do Airbus , informou na terça-feira um porta-voz militar brasileiro. Os primeiros corpos dos ocupantes do avião da Air France resgatados no Atlântico chegaram na manhã desta terça-feira a Fernando de Noronha, de onde serão enviados a Recife para identificação.

AP
Militares transportam corpos de vítimas do Air France

Um oficial da Interpol, organização com sede em Lyon, foi enviado a Paris, onde o instituto de investigação criminal da polícia nacional deve proceder a identificação das vítimas, destacou a Interpol.

A identificação dos corpos consiste no recolhimento de informações "post-mortem" assim como das digitais, tatuagens, implantes cirúrgicos e radiografias dentárias em seguida comparadas às informações ante-mortem, explicou a Interpol.

Voo 447 da Air France



Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também



    Leia tudo sobre: acidente aéreo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG