Deise Possamai será enterrado no final da tarde desta quinta-feira no cemitério da comunidade de Rio Cedro Médio, no município de Nova Veneza, no sul do Estado de Santa Catarina. Deise era uma das 228 pessoas que estavam a bordo do voo 447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico, no último dia 31 de maio, enquanto fazia o trajeto Rio-Paris." / Deise Possamai será enterrado no final da tarde desta quinta-feira no cemitério da comunidade de Rio Cedro Médio, no município de Nova Veneza, no sul do Estado de Santa Catarina. Deise era uma das 228 pessoas que estavam a bordo do voo 447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico, no último dia 31 de maio, enquanto fazia o trajeto Rio-Paris." /

Corpo de vítima do acidente com o voo 447 é enterrado em Santa Catarina

FLORIANÓPOLIS ¿ O corpo da catarinense http://ultimosegundo.ig.com.br/voo447airfrance/2009/06/02/fiscal+da+prefeitura+de+criciuma+buscava+especializacao+na+italia+6480927.html target=_blankDeise Possamai será enterrado no final da tarde desta quinta-feira no cemitério da comunidade de Rio Cedro Médio, no município de Nova Veneza, no sul do Estado de Santa Catarina. Deise era uma das 228 pessoas que estavam a bordo do voo 447 da Air France, que caiu no Oceano Atlântico, no último dia 31 de maio, enquanto fazia o trajeto Rio-Paris.

Redação |

De acordo com a prefeitura de Nova Veneza, uma missa de corpo presente está sendo realizada na igreja da comunidade de Rio Cedro Médio e, após o término da cerimônia, acontecerá o sepultamento. O caixão com o corpo da vítima está lacrado.

O pai de Deise, o secretário municipal de Agricultura de Nova Veneza, Valdir Possamai, viajou até o Recife para cuidar da liberação do corpo da filha. O caixão chegou nesta quinta-feira, por volta de meio-dia, ao Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis.

Jussi Moraes

Deise Possamai tinha como destino final a Itália, onde faria um curso

Natural de Nova Veneza, Deise tinha 34 anos no dia do acidente e teria feito 35 no último dia 8 de junho. Ela era formada em Direito e Administração, divorciada e não tinha filhos.

A catarinense trabalhava como fiscal no setor de tributos da prefeitura de Criciúma. Deise embarcou no voo 447 tendo como destino a Itália, onde faria um curso de especialização em administração tributária. Para tal, ela havia pedido uma licença de dois anos no trabalho.

Tripulantes reconhecidos

Nesta quinta-feira, a Air France informou que o corpo do piloto e de outro tripulante do Airbus A330 foram identificados entre os corpos resgatados pelas operações de busca. Em uma nota à imprensa, o diretor-geral da companhia aérea, Pierre-Henri Gourgeon, prestou suas condolências às famílias dos funcionários da empresa.

A Air France não informou se os corpos do piloto e do tripulante estavam entre os onze que já haviam sido identificados. Até o momento, as equipes de busca recolheram 50 corpos de vítimas, além de destroços e bagagens, mas os trabalhos continuam e não têm data para serem encerrados.

O BEA, órgão francês que apura as causas do acidente, deve divulgar até o fim deste mês um relatório preliminar sobre as investigações. Enquanto isso, prosseguem também as buscas pelas caixas pretas, cujos sinais são emitidos por no mínimo 30 dias, segundo o BEA.

*com informações da BBC Brasil

Voo 447 da Air France

Entenda o caso:

Veja também:


Leia mais sobre: voo 447

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG