Busca por caixa-preta do Airbus vai durar mais 20 dias

SÃO PAULO - Apesar de já terem se passado 31 dias do acidente com o Airbus da Air France que fazia a rota Rio de Janeiro-Paris, ainda há esperanças de se encontrar as caixas-pretas do avião, segundo o diretor-geral da Air France, Pierre-Henri Gourgeon.

Agência Estado |

Ele se encontrou nesta quarta-feira na capital fluminense com as famílias das vítimas brasileiras durante uma missa e disse que as autoridades francesas vão continuar as buscas submarinas por pelo menos mais 20 dias. As sondas dos submarinos ainda podem captar sinais na área onde o avião provavelmente caiu, afirmou.

Reuters
Modelo de Airbus da Air France

Gourgeon disse que todos os modelos Airbus A330 da companhia teriam as sondas pitot trocadas a partir de 1º de junho, um dia após a queda do avião que matou 228 pessoas. Isso não significa que a Air France admita que o acidente tenha sido provocado por um defeito nessas sondas que aferem a velocidade da aeronave. Talvez nunca tenhamos todas as respostas, admitiu Gourgeon, que assumiu a direção-geral da companhia apenas seis meses antes do acidente.

Voo 447 da Air France

Entenda o caso:

Leia também:


Leia mais sobre: voo 447

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG