Avião de Lula tem sensores trocados por recomendação da Airbus

BRASÍLIA - A Força Aérea Brasileira (FAB) informou nesta terça-feira que substituiu os sensores que medem a velocidade do Airbus ACJ-319 da Presidência, embora tenha lembrado que a mudança não está vinculada ao desastre ocorrido com um avião da empresa francesa.

Redação com EFE |

A FAB esclareceu que a substituição "não tem relação alguma" com o acidente, pois foi feita em função de "recomendações" da Airbus de 16 de abril. O desastre com o voo da Air France ocorreu em 1º de junho.

Em comunicado oficial, também assinalou que o Airbus da Presidência tem diferenças substanciais em relação às aeronaves comerciais fabricadas pela companhia.

O Airbus ACJ-319 utilizado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva "tem uma série de modificações para a função que realiza", segundo a FAB.

As dúvidas em relação à eficácia dos sensores de velocidade do Airbus A330 que caiu no Atlântico com 228 pessoas a bordo causaram polêmica e o sindicato de pilotos da Air France ameaçou até fazer greve caso esse dispositivo não fosse substituído em todas as aeronaves da companhia aérea.

Voo 447 da Air France



Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

    Leia tudo sobre: avião

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG