Avião brasileiro com radar noturno abandona as buscas dos restos do voo 447

RECIFE -O avião militar brasileiro R99, especializado em rastreamentos noturnos, foi retirado das operações de busca dos restos do Airbus da Air France desaparecido no Oceano Atlântico há três semanas, anunciou neste sábado o Exército em um comunicado.

AFP |

"O R99 voou mais de cem horas e cumpriu um papel fundamental na operação, principalmente em sua fase inicial", afirma o Exército, referindo-se ao aparelho que permitiu localizar os primeiros restos do voo 447 a mil quilômetros do litoral brasileiro.

Até o momento, foram resgatados do mar os corpos de 50 das 228 pessoas a bordo do A-330 da Air France acidentado em 1º de junho. A busca continua com outro avião e uma frota de navios franceses e brasileiro, segundo ainda o comunicado.

O Embraer R99 da Força Aérea Brasileira é um avião do tipo Awac construído em um bimotor executivo de fabricação brasileira e idealizado para vigiar a Amazônia.

Entenda

Dor das famílias

Vídeos

Fotos

Leia também

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG