Airbus diz que não vai parar modelos A330 e A340

Paris - A fabricante europeia Airbus assegura que não tem intenção de parar os aviões dos modelos A330 e A340 para a mudança dos sensores de velocidade que acontecerá após o acidente do último dia do voo da Air France entre Rio de Janeiro e Paris.

EFE |

"Não há nenhuma razão para interromper as operações desses aviões", ressaltou nesta quinta-feira um porta-voz da Airbus à Agência Efe.

O jornal francês "Le Figaro" publicou recentemente que a Airbus estaria disposta a interromper as operações dos cerca de mil A330 e A340 que estão nas mãos das companhias aéreas.

A fabricante tinha emitido uma recomendação em 2007 sobre a mudança dos instrumentos de medição de velocidade nesses modelos de aeronave, mas insistiu em que esta substituição "não é uma obrigação".

O porta-voz da companhia enfatizou à Efe que "todos os A330 e A340 estão certificados para operar e podem continuar funcionando com os sensores originais".

Uma falha dos sensores foi citada como uma das possíveis causas do acidente, embora o Birô de Investigação e Análise (BEA) francês tenha afirmado que ainda não é possível dizer o que motivou o acidente.

    Leia tudo sobre: airbus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG