Airbus A330 se destaca por acomodar alto número de passageiros

PARIS - O Airbus A330 é um dos aviões de mais elevada capacidade de transporte de passageiros entre os fabricados pelo consórcio europeu Airbus e costuma ser usado em voos de média ou longa distância.

Redação com agências internacionais |

O único acidente com vítimas com o A330-200 aconteceu em um voo de teste da Airbus em 1994 em Toulouse, na França, no qual sete tripulantes morreram.


Airbus A330 da Air France

Este modelo possui duas versões para a aviação comercial, o A330-300 e o A330-200, similar ao desaparecido hoje em um voo entre Rio de Janeiro e Paris.

O A330-200 começou a ser utilizado em 1998. Sua autonomia de voo é de até 12.500 quilômetros, o que permite ao modelo fazer rotas como Paris-Cingapura e Dubai-Londres.

Normalmente, o A330-200 transporta de 250 a 300 passageiros, mas esse número pode chegar a 405, segundo a fabricante Airbus.

341 aviões do modelo estão em operação no mundo e aéreas como a Northwest Airlines, Air China e Turkish Airlines usam o modelo. A Airbus vendeu mais de mil unidades do A330 a cerca de 70 companhias aéreas. Cada uma das aeronaves custou em média US$ 200 milhões.

Este modelo mede 58,8 metros de comprimento por 17,4 de altura e seu peso máximo ao decolar é de 230 toneladas.

A velocidade de cruzeiro destes modelos é de 0,82 Mach (871 km/h) e sua velocidade máxima é de 0,86 Mach (913 km/h).

A Airbus é um consórcio europeu, com sede em Toulouse (França).

Com informações da EFE e da AP

Leia mais sobre Airbus

    Leia tudo sobre: airbus

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG