Consulado americano no Rio diz que cancelou anunciada 'fala ao povo' por 'uma série de preocupações' sobre evento ao ar livre

A assessoria do consulado americano no Rio de Janeiro confirmou que o discurso do presidente dos EUA, Barack Obama, ocorrerá dentro do Theatro Municipal, localizado na Cinelândia, no Centro da cidade, no próximo domingo, para convidados.

O público poderá acompanhar o discurso por meio de telões que serão instalados na praça Floriano, localizada em frente ao Theatro, conhecida popularmente como Cinelândia.

O discurso a céu aberto do presidente americano foi cancelado a pedido da Casa Branca, segundo a Embaixada dos Estados Unidos no Brasil. De acordo com o consulado, o cancelamento ocorreu "devido a uma série de preocupações sobre a realização do evento ao ar livre".

"Lamentamos pelas limitações quanto ao número de pessoas que poderão participar do evento, mas gostaríamos de enfatizar que a intenção do Presidente Obama é falar com todo o povo carioca e brasileiro sobre nossos interesses e valores compartilhados. Agradecemos a colaboração dos governos do Rio de Janeiro e do Brasil e a calorosa recepção ao presidente por parte do povo brasileiro."

Conforme o iG adiantou, a comitiva de Obama já pensava em um Plano B para o chamado “Discurso ao povo brasileiro” .

Desde o início da manhã desta sexta-feira, no entorno da Cinelândia, militares do Exército brasileiro, armados com fuzis, realizam um treinamento de segurança com agentes americanos. O trânsito não foi fechado no local.

Viagem oficial

Na noite desta sexta-feira, Obama partirá de Washington acompanhado de sua família para chegar a Brasília na manhã de sábado, na primeira visita que fará ao Brasil desde que assumiu o cargo.

Washington pretende aproveitar o enorme potencial econômico da relação bilateral com o Brasil, que se transformou na sétima maior potência econômica mundial e cujas trocas comerciais com os EUA dobraram na década passada. No domingo, Obama seguirá para o Rio de Janeiro, onde tem agendada uma visita à favela Cidade de Deus.

O presidente americano continuará sua viagem na segunda-feira no Chile, onde se reunirá com o presidente Sebastián Piñera para tratar de questões econômicas e, sobretudo, da cooperação no âmbito da energia nuclear.

Na última etapa do giro latino-americano , El Salvador, Obama deve se encontrar com o presidente Mauricio Funes para tratar de assuntos como imigração, criação de oportunidades econômicas no país centro-americano e segurança cidadã.

Antes de retornar a Washington na noite de quarta-feira, Obama visitará o túmulo do monsenhor Óscar Romero, na Catedral Nacional de San Salvador, e visitará as ruínas maias de San Andrés.

*Com EFE

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.