Bope terá equipe de intervenção tática e snipers na segurança de Obama

Tropa de elite da PM do Rio estará pronta para agir em situações de emergência, com atiradores no alto de lajes, na Cidade de Deus

Raphael Gomide, iG Rio de Janeiro |

AE
Bope, durante operação em favela do Rio. Unidade de Intervenção Tática e atiradores de precisão vão fazer segurança na Cidade de Deus
A Tropa de Elite da Polícia Militar do Rio, o Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) designou 30 homens para participar do esquema de segurança do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, durante sua visita ao Rio.

Haverá uma equipe de intervenção tática, formada por especialistas em tomada de ambientes confinados e em negociação e resgate de reféns, e atiradores de elite (snipers), distribuídos por “pontos dominantes”, em locais estratégicos. Eles ficarão no alto de casas e prédios, com visão privilegiada para os locais da visita do líder norte-americano.

A principal participação prevista dos “homens de preto” será na Cidade de Deus, favela que conhecem bem por incursões e pela participação na tomada e ocupação para início da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora) local.

A integração do Bope ao megaesquema de segurança para a proteção de Obama foi planejada pelo Exército, que conta com o coordenador de segurança de área, general Fernando Sardenberg, comandante da Brigada de Infantaria Paraquedista.

    Leia tudo sobre: BopeObamaintervenção táticasniperssegurançaequipe

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG