Variety coloca La Passione em primeiro

Comédia italiana de mau gosto ocupa o topo do quadro de cotações com 21 críticos, publicado pela edição diária da revista

Mariane Morisawa, enviada especial a Veneza |

Divulgação
"La Passione": dividindo opiniões em Veneza
Realmente, há gosto para tudo. É só abrir a edição diária da revista Variety sobre o 67º Festival de Veneza deste domingo (5) para constatar. O quadro com cotações de 21 críticos sobre nove longas-metragens exibidos em competição coloca o lamentável La Passione , de Carlo Mazzacurati, em primeiro lugar, com média 7,5 – dois críticos, do jornal italiano La Repubblica e do internacional Herald Tribune, deram cinco estrelas para o filme.

Em segundo, empatados com nota 7,2, estão Potiche , de François Ozon, e Somewhere , de Sofia Coppola. Em terceiro, aparecem Black Swan , de Darren Aronofsky, e Silent Souls , de Aleksei Fedorchenko, com 7,1. La Pecora Nera , de Ascanio Celestini, com média 6, Miral , de Julian Schnabel, com 5,9, e Norwegian Wood , de Anh Hung Tran, com 5,7, vêm na sequência. Happy Few , de Antony Cordier, surge em último, com 4,3.

Participam do quadro Paolo D’Agostini (La Repubblica), David Gritten (Daily Telegraph), Paolo Mereghetti (Corriere della Sera), Roderick Conway Morris (Herald Tribune), Lietta Tornabuoni (La Stampa), Jacques Mandelbaum (Le Monde), Fabio Ferzetti (Il Messaggero), Tobias Kniebe (Süddeutsche Zeitung), Maurizio Caverzan (Il Giornale), Michel Ciment (Positif), Michele Gottardi (La Nuova Venezia), Lee Marshall (Screen International), Adriano de Grandis (Il Gazzettino), Stephanie Zachareck (Movieline), Silvestri/Ciotta (Il Manifesto), Anne Thompson (Indiewire), Crespi/Zonta (L’Unita), Elisabeth Lequeret (Radio France), Mariarosa Mancuso (Il Foglio), Samir Farid (Almasry Alyoum) e Roberto Pugliese (Venews Daily).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG