La Passione" / La Passione" /

Após uma semana, Detective Dee lidera preferência da crítica

Superprodução chinesa, dirigida por Tsui Hark, passa à frente de La Passione

Mariane Morisawa, enviada especial a Veneza |

Divulgação
"Detective Dee": mistura de gêneros agradou
No sétimo dia de competição do 67º Festival de Veneza, o quadro de cotações dos críticos convidados pela edição diária da revista Variety mudou um pouco. A superprodução chinesa Detective Dee and the Mystery of Phantom Flame , de Tsui Hark, uma história de investigação na China imperial e cheia de cenas de luta, passou a ocupar o primeiro lugar, com média 7,6. O italiano La Passione , de Carlo Mazzacurati, que chegou a ficar na frente com média 7,5, agora está em segundo, empatado com o chileno Post Mortem , de Pablo Larraín.

O chinês The Ditch , filme surpresa dirigido por Wang Bing sobre presos políticos no final dos anos 1950, vem em seguida, com 7,4. Empatados com nota 7,2 estão Potiche , de François Ozon, e Somewhere , de Sofia Coppola. Black Swan , de Darren Aronofsky, e Silent Souls , de Aleksei Fedorchenko, têm 7,1. Essential Killing , de Jerzy Skolimovski, conta com média 6,7. La Pecora Nera , de Ascanio Celestini, agora está empatado com Meek’s Cutoff , de Kelly Reichardt, com média 6. Miral , de Julian Schnabel, com 5,9, e Norwegian Wood , de Anh Hung Tran, com 5,7, vêm na sequência. Happy Few , de Antony Cordier, permanece em último, com 4,3.

Participam do quadro Paolo D’Agostini (La Repubblica), David Gritten (Daily Telegraph), Paolo Mereghetti (Corriere della Sera), Roderick Conway Morris (Herald Tribune), Lietta Tornabuoni (La Stampa), Jacques Mandelbaum (Le Monde), Fabio Ferzetti (Il Messaggero), Tobias Kniebe (Süddeutsche Zeitung), Maurizio Caverzan (Il Giornale), Michel Ciment (Positif), Michele Gottardi (La Nuova Venezia), Lee Marshall (Screen International), Adriano de Grandis (Il Gazzettino), Stephanie Zachareck (Movieline), Silvestri/Ciotta (Il Manifesto), Anne Thompson (Indiewire), Crespi/Zonta (L’Unita), Elisabeth Lequeret (Radio France), Mariarosa Mancuso (Il Foglio), Samir Farid (Almasry Alyoum) e Roberto Pugliese (Venews Daily).

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG