"Adoro estar em júris", diz Quentin Tarantino

Cineasta preside o júri da competição oficial do 67º Festival de Veneza

Mariane Morisawa, enviada especial a Veneza |

Getty Images
Tarantino: "Vou defender os filmes de que gostar, seja de amigos ou de quem nunca encontrei"
Basicamente, só Quentin Tarantino falou durante a coletiva do júri, no início da tarde desta quarta-feira (1º). Ele estava ao lado de outros integrantes: o roteirista e diretor mexicano Guillermo Arriaga, o diretor francês Arnaud Desplechin, o compositor americano Danny Elfman, os cineastas italianos Gabriele Salvatores e Luca Guadagnino e a atriz lituana Ingeborga Dapkunaite, a única mulher do grupo.

“Eu adoro estar em júris, porque posso ver um monte de filmes do mundo todo, sem ter ideia do que esperar”, disse o diretor de Bastardos Inglórios . “E acho ótimo colocá-los num microscópio e fazer uma análise crítica. Eu normalmente faço isso, às vezes assisto a um filme e, quando chego em casa, escrevo uma resenha, só para explorar mais.”

Getty Images
Integrantes do júri posam para a imprensa
Tarantino respondeu a uma questão sobre como se sentia julgando o filme de um de seus amigos, Tsui Hark. “Na verdade, há muitas pessoas com quem tenho uma relação especial que concorrem aqui. Mas acho que a minha integridade fala por si mesma”, afirmou. “Na verdade, os amigos ficam mais preocupados de que você não defenda o filme deles. Eu digo que vou defender os filmes de que gostar, seja de meus amigos ou de pessoas que nunca encontrei. E se uma pessoa que eu amo tiver feito um filme sobre o qual não ligo, não vou defendê-lo.”

Afirmando que não comenta assuntos políticos, o presidente do júri não quis comentar sobre a ausência do cineasta iraniano Jafar Panahi, preso este ano pelo governo de seu país. Panahi participa da mostra palela "Venice Days" com o curta-metragem The Accordion .

O diretor disse que é capaz de promover minifestivais de cinema em sua própria casa, alugando vários filmes em DVD dos diretores que admira ou que acabou de conhecer. “A primeira vez que encontrei Tom Tykwer, que está competindo aqui [com Drei ], disse para ele: ‘Eu fiz um festival em casa, e você ganhou!’”, contou Tarantino. O júri anuncia os premiados na noite de 11 de setembro.

    Leia tudo sobre: quentin tarantinofestival de venezajúri

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG