Uribe pede a colombianos para rejeitar ingerência estrangeira em eleição

Bogotá, 8 mai (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, pediu aos colombianos para rejeitar qualquer ingerência estrangeira nas eleições do dia 30 de março, ao mesmo tempo em que pediu votar livremente para escolher o novo governante.

EFE |

Bogotá, 8 mai (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, pediu aos colombianos para rejeitar qualquer ingerência estrangeira nas eleições do dia 30 de março, ao mesmo tempo em que pediu votar livremente para escolher o novo governante. "O povo colombiano ou o povo venezuelano rejeita com indignação qualquer intimidação", assinalou Uribe a jornalistas em Bogotá, após seu retorno da Costa Rica para assistir a posse da presidente desse país, Laura Chinchila. Uribe lembrou que "o povo colombiano superou com coragem a intimidação do narcoterrorismo" e pediu aos jovens e a "todos os cidadãos da Colômbia que acudam às urnas com honra democrática, para votar em consciência, sem se deixar pressionar por ninguém, sem se deixar pressionar pelo estrangeiro". Por exemplo, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, disse nesta sexta-feira que reduziria a zero o comércio com a Colômbia, se o candidato governista, o ex-ministro Juan Manuel Santos, for eleito presidente. EFE ocm/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG