Uma brasileira na TV americana: "Viviam querendo me dar rasteira"

Adriana de Moura é sucesso na TV americana com o reality show "The Real Housewives of Miami"

Renata Reif, iG São Paulo |

Getty Images
Adriana de Moura: "Eu tenho muito espaço aqui pela sensualidade, beleza, soltura, jeito de ser, que é natural do nosso povo”

Getty Images
Adriana de Moura participa de desfile
Adriana de Moura é conhecida nos Estados Unidos como a “bombshell” brasileira que dá audiência ao “The Real Housewives Miami” e faz muito marmanjo ficar ligado na atração. Em quatro semanas, ela começará a filmar a segunda temporada do reality show, que lhe abriu portas para a fama. Entrou para o ranking da revista “People” das celebridades latinas: foi eleita uma das mais sexy do país

Siga o iG Gente no Twitter e receba as notícias das celebridades em tempo real

 E não parou mais. Capas de revistas, convites e desfiles surgiram em sua agenda de compromissos. “Acabei de desenhar uma linha de óculos de sol, quero relacionar moda e arte”, conta ela.

LEIA MAIS: Conheça Adriana de Moura, a nova "Brazilian Bombshell"

Adriana tem 40 anos e uma formação acadêmica artística. Estudou arte na Sorbonne, em Paris, e em Florença, na Itália, viajou o mundo e abriu uma galeria de arte em Miami, onde é apontada como uma respeitada marchand e curadora de arte. Nesse meio tempo, casou-se, teve um filho, Alexandre , 10 anos, se divorciou e agora está noiva de um francês. “Já combinei com a produção do programa que o casamento vai fazer parte do reality show”, anuncia.

Grosby Group
Adriana de Moura e as outras donas de casa do elenco de The Real Housewives Miami

LEIA TAMBÉM: Val Marchiori: "Narcisa ficou com ciúmes da minha sela Hermès"

Filha de pai paulista e mãe goiana, ela nasceu em Goiás, mas foi criada em Campinas. “Procuro mudar a imagem que o as pessoas têm do Brasil por causa de filmes violentos. É só favela, drogas, problemas no Rio de Janeiro. Quero mostrar os artistas brasileiros, a moda, as coisas belas do nosso País”. E beleza é que não falta para essa mulher tão múltipla. “As mulheres brasileiras fazem muito sucesso aqui por causa das top models como Gisele Bündchen , Adriana Lima , Alessandra Ambrosio . Eu tenho muito espaço aqui pela sensualidade, beleza, soltura, jeito de ser, que é natural do nosso povo.”

Getty Images
A brasileira com o noivo, Frederiq Marq, e o filho, Alexandre
INVEJA DAS OUTRAS HOUSEWIVES

Esses atributos foram os disparadores de brigas com outras “housewives” por ciúmes de seus maridos. “Inveja é uma coisa triste. Sou o que eu sou e não estou atrás de marido de ninguém. Acho que as mulheres que se incomodam comigo deveriam lidar com sua própria insegurança", diz Adriana. "Algumas no programa viviam querendo me dar rasteira, fazendo com que eu tivesse menos visibilidade na mídia. Mas o plano delas não deu certo.”

Se engana quem acha que ela sempre foi confiante com seu corpo: "Cresci supercomplexada porque era muito magra, tinhas as pernas bem finas. O oposto da ‘gostosa’. De tanta vergonha, ia à praia de calça comprida.", lembra. "Um dia um namorado me deu um vestido e disse que as minhas pernas eram incríveis. Acreditei e a partir de então, 'me sentia' com as minhas pernas. Eu me liberei deste complexo”

No casting da segunda temporada, permanecem Adriana, Marysol Patton e Lea Black . As demais "donas de casa" foram trocadas por mulheres novas. “A Lea é uma grande amiga, nossos filhos são amigos, passamos os fins de semanas juntos. Eu a vejo com mais frequência do que as outras, que são conhecidas, mas não fazem parte do meu círculo de amizade. Há uma relação com educação, mas sem intimidade.”

Nem tudo são flores. Adriana e Christy Rice brigaram feio na reunião em que se discute o que aconteceu no programa. "Ela não fazia nada e só criticava, é uma coitada que vive às custas da fama do ex-marido. Depois da briga, fiquei mal, e até doente."

O reality, que mostra a rotina de mulheres endinheiradas que têm responsabilidades como mãe e mulher, vai manter o mesmo formato, mas Adriana promete novidades quentes por aí. E o que a brasileira faz enquanto não está gravando? “Meu dia a dia é uma loucura total. Vivo viajando por causa de trabalho. Semana passada eu estava em Aruba para um desfile do (estilista) Marcelo Quadros ; na terça-feira em Nova York para um reunião com os agentes de Brad Pitt e Tom Hanks ; em uma hora estarei na Bravo TV para conversar sobre a nova temporada e agora, estou no supermercado falando com você.”

Getty Images
Cresci supercomplexada porque era muito magra, tinhas as pernas bem finas


    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG