Turista morre atropelada por jet ski no Rio Grande do Norte

De acordo com dados prévios da investigação, condutor desobedeu a lei ao ultrapassar limite de velocidade e dirigir perto da praia

Renata Baptista, iG Pernambuco |

Uma mulher morreu após ter sido atingida por uma boia levada por um jet ski na Lagoa da Cotia, em Rio do Fogo, no litoral do Rio Grande do Norte. O acidente aconteceu na tarde de sábado, quando várias pessoas estavam no local. Outras três pessoas ficaram feridas, mas sem gravidade. Para evitar casos como esses, várias cidades ao redor do País estão impondo regras mais rígidas às áreas litorâneas.

nullUm cinegrafista amador gravou o momento em que o condutor do jet ski realizava manobras em alta velocidade próximo à orla. Ele também gravou quando o passageiro na boia atingiu a turista goiana Maria Marques Cordeiro, de 47 anos, que estava no local com a família.

As pessoas no local prestaram atendimento a Maria, que chegou a ir a um hospital em Ceará-Mirim, mas não resistiu aos ferimentos.

O condutor do jet ski, Wagner Miguel de Araújo Galvão, fugiu do local, mas no mesmo dia se apresentou à delegacia de Extremoz. Ele foi liberado e vai responder ao caso em liberdade.

De acordo com a Capitania dos Portos, Wagner estava habilitado para conduzir o jet ski, mas não atendeu a recomendação de se manter a 200 metros da areia e de dirigir com velocidade inferior à 3 nós (5 km/h). Um inquérito naval já foi aberto para apurar o caso e tem o prazo de 90 dias para ser finalizado.

    Leia tudo sobre: Rio Grande do NorteExtremozjet skiatropelamento

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG