Tucano concentrará campanha nas maiores cidades de MT

Wilson Santos dará atenção prioritária a Cuiabá e Várzea Grande na reta final de campanha

Kelly Martins, iG Cuiabá |

Na tentativa de levar para o segundo turno a disputa ao governo do Estado, Wilson Santos (PSDB) quer concentrar a campanha nos dois maiores colégios eleitorais: Cuiabá e Várzea Grande.

O tucano quer reverter o atual quadro sucessório e o mal desempenho nas pesquisas de intenção de voto que o coloca atrás do governador Silval Barbosa (PMDB).

Para agravar ainda mais a situação, Santos tem hoje muito mais eleitores que o rejeitam na Capital do que os que votariam ou poderiam votar nele.

Segundo o Vox Populi, ele apresenta 42% de índice de rejeição, ao passo que seu maior adversário, Silval Barbosa é rejeitado por apenas 7% dos eleitores. A pesquisa foi realizada no período de 21 a 24 de agosto.

A campanha corpo-a-corpo é uma das principais armas, segundo o tucano, que sinalizou também em aumentar o tom das críticas contra o adversário nos programas eleitorais de rádio e TV.

Wilson Santos ressalva querer "pontuar" ainda mais as falhas do governo de Silval Barbosa. Apesar disso, ele garante que a linha propositiva vai ser mantida.

O candidato do PSDB foi duas vezes prefeito de Cuiabá, tendo renunciado ao cargo para concorrer ao governo.

A administração municipal, no entanto, não tem sido aprovada pela população e Santos tenta acabar com a "imagem" desgastada.

"Quero passar por todos os bairros e ir de casa em casa. Acredito que o contato com a população é importante e pode mudar muita coisa, principalmente, acabar com as mentiras que plantam por aí", disse.

Pelos cálculos do TRE- MT, Cuiabá possui hoje 386.991 eleitores, que correspondem a 18,4% do eleitorado do Estado, enquanto Várzea Grande detém 8%.

Outro problema que o tucano enfrenta são os embates jurídicos.

Porém, Santos encontra respaldo no paracer concedido pela procuradora da República Sandra Cureau junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negando a impugnação de seu registro de candidatura.

O pedido foi feito pela coligação "Mato Grosso para Todos", que apoia Silval Barbosa (PMDB) e é formada pelo PC do B, PRB, PTN, PTC, PHS, PSC e PRP.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG