Partido quer detalhes sobre sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados e métodos de identificação

O ministro Henrique Neves do Tribunal Superior Eleitoral deferiu pedido do Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB) para ter acesso ao sistema interno de controle, verificação e fiscalização da coleta de dados, incluídos os referentes à identificação dos entrevistadores para, por meio de escolha livre e aleatória de planilhas individuais, mapas ou equivalentes confrontar e conferir os dados publicados da pesquisa realizada pela Datafolha, registrada no TSE sob o protocolo nº 19890/2010.

Democratas
O partido Democratas também havia feito pedido semelhante para ter acesso aos dados da pesquisa realizada pelo Datafolha. Entretanto, o pedido foi negado, pois o Democratas integra a coligação "O Brasil Pode Mais" e, “nos termos do artigo 6º, §§1º e 4º, da Lei 9.504/97, o partido coligado não possui legitimidade para se dirigir à Justiça Eleitoral durante o processo eleitoral, salvo para discutir questão relacionada a formação da coligação”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.