Tribunal emite veredicto contra acusado por ataque de Mumbai de 2008

Nova Délhi, 3 mai (EFE).- Entre fortes medidas de segurança, um tribunal emite hoje a sentença do julgamento pelo atentado de Mumbai de 2008, que tem como acusado principal o único terrorista capturado vivo durante o ataque, Mohammed Ajmal Amir, conhecido como Kasab.

EFE |

Nova Délhi, 3 mai (EFE).- Entre fortes medidas de segurança, um tribunal emite hoje a sentença do julgamento pelo atentado de Mumbai de 2008, que tem como acusado principal o único terrorista capturado vivo durante o ataque, Mohammed Ajmal Amir, conhecido como Kasab. O juiz especial do caso, M. L. Tahilyani, deve anunciar seu veredicto por volta do meio-dia no presídio central de Arthur Road da capital financeira indiana, onde foi desdobrado um amplo contingente de forças de segurança, informou a agência indiana "Ians". Os julgados são Kasab, de nacionalidade paquistanesa, e os indianos Fahim Ansari e Sabahuddin Ahmed, acusados de dar apoio ao grupo de terroristas paquistaneses que atacaram em 2008 vários prédios emblemáticos de Mumbai e mataram 166 pessoas. As forças de segurança mataram 9 dos membros do comando terrorista, procedente de solo paquistanês, e capturaram com vida um deles, Kasab, que poderia enfrentar a pena capital se for declarado culpado pelo tribunal especial. "A Promotoria preparou um caso sem fissuras contra os três acusados e esperamos que o veredicto seja em nosso favor", declarou o promotor do caso, Ujjwal Nikam, à agência indiana "PTI". A Polícia levantou barreiras e pontos de entrada e saída nas ruas que levam à prisão, embora os moradores da região tenham recebido permissões especiais de quebra para não ficar isolados. EFE daa/ma

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG