Marinheiro do Chile devolve US$ 7,6 mil achados em destroços

Um marinheiro chileno devolveu ao dono quatro milhões de pesos (equivalente a US$ 7,6 mil) retirados de uma caixa-forte encontrada no meio do lodo e de destroços das casas do arquipélago Juan Fernández, depois do terremoto seguido de tsunami que atingiu a região em 27 de fevereiro, informou nesta sexta-feira o jornal La Segunda.

AFP |

"Recolhi tudo o que caiu e coloquei dentro. Enquanto fazia isso, pensei que o dono sentiria falta do dinheiro. Aí liguei para um policial e depois avisamos a polícia chilena", disse o cabo Carlos Gómez, marinheiro da fragata Almirante Torre.

Esse grupo foi o primeiro a chegar à ilha depois da destruição deixada pelo tsunami, com a missão de limpar a região devastada pelo terremoto de 27 de fevereiro.

Depois da catástrofe, o ministro do interior do Chile, Rodrigo Hinzpeter, afirmou nesta sexta-feira que houve 452 mortos, 96 desaparecidos, 200 mil casas destruídas e 800 mil danificadas no país.

Leia também:

Leia mais sobre Chile

    Leia tudo sobre: terremoto no chile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG