Ban Ki-moon visita Santiago e diz que ONU está pronta para entregar ajuda ao Chile

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, chegou a Santiago nesta sexta-feira e disse estar comovido com a coragem e resistência do povo chileno. Segundo ele, a ONU está pronta para entregar ajuda imediata ao país, atingido por um forte terremoto no sábado.

iG São Paulo |


"Estamos prontos para entregar qualquer ajuda imediata ou de longo prazo que o governo do Chile pedir", afirmou Ban, que foi recebido no aeroporto pelo chanceler, Mariano Fernández, e a secretária-executiva da Comissão Econômica para a América Latina e o Caribe (Cepal), Alicia Bárcena.

AFP
Bachelet e Ban se encontram em Santiago

Bachelet e Ban se encontram em Santiago

Depois, Ban se reuniu com a presidente chilena, Michelle Bachelet. Nesta sexta-feira, ele ainda se encontrará com o líder eleito, Sebastián Piñera. No sábado, visitará as regiões devastadas no sul do país e, depois, voltará a Santiago para um encontro com os funcionários das 22 agências das Nações Unidas que atuam no Chile.

O objetivo da visita é expressar a solidariedade da ONU com o povo chileno. "O Chile foi extraordinariamente generoso em ajudar o Haiti quando foi necessário. Agora é o momento de as Nações Unidas e a comunidade internacional apoiarem o Chile e seu povo", declarou Ban.

O secretário-geral elogiou a presidente chilena "por sua liderança na resposta ao desastre, assim como pela estreita coordenação que teve com o presidente eleito, Sebastián Piñera", ressaltou ele, em um comunicado oficial.

Com EFE

Leia também:

Leia mais sobre terremoto

    Leia tudo sobre: chileterremototerremoto no chile

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG