Show do Duran Duran no SWU será coletânea de hits em andamento

"Ainda é muito divertido tocar as músicas antigas", diz o baixista John Taylor; leia entrevista ao iG

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Getty Images
O Duran Duran no palco
Uma coletânea de grandes sucessos, só que sempre em andamento, para incluir as novas composições da banda. É assim que o baixista John Taylor define os shows do Duran Duran.

A banda é uma das principais atrações do festival SWU , que acontece entre este sábado (12) e segunda (14) em Paulínia, no interior de São Paulo. "Nós tentamos incluir músicas de toda a nossa carreira, desde as mais antigas até as mais recentes", conta o britânico ao iG .

No Brasil, no entanto, o grupo deve pesar a balança para os anos 1980. É que, como o show será num festival para um público grande (são 70 mil ingressos por dia), o natural é apostar nas canções que mesmo quem não é fã do Duran Duran conhece. "Ainda é muito divertido tocar as músicas antigas", diz Taylor. Sucessos como "Wild Boys", "Rio", "Hungry Like the Wolf", "Notorious" e "The Reflex", por exemplo, são presença certa.

Mas isso não significa que o Duran Duran não esteja orgulhoso de seu trabalho mais recente. "All You Need Is Now" trouxe a banda de volta aos holofotes . A produção ficou a cargo do badalado Mark Ronson, famoso por seu trabalho com Amy Winehouse. "Ele é maravilhoso", elogia Taylor. "E também a pessoa certa para nos produzir. Afinal, é fã do nosso trabalho desde criança."

O disco foi lançado primeiro no iTunes, numa versão com nove músicas. Alguns meses depois, saiu a versão física, com cinco faixas a mais. "Na época, pareceu uma boa ideia fazer um lançamento exclusivo no iTunes. Estávamos sem gravadora e tínhamos tido uma experiência ruim com nosso selo no disco anterior", explica. "Mas, como somos um pouco antiquados, resolvemos lançar o CD físico depois."

Getty Images
John Taylor (à frente), baixista do Duran Duran
"All You Need Is Now" voltou a chamar a atenção da nesta semana, com o lançamento do clipe de "Girl Panic". O vídeo reúne cinco supermodelos do final dos anos 1980 (Naomi Campbell, Cindy Crawford, Eva Herzigova, Helena Christensen e Yasmin, mulher do vocalista Simon Le Bon) no lugar dos integrantes do Duran Duran. Segundo John Taylor, o culpado de tudo é o tecladista Nick Rhodes.

"O Nick teve a ideia e nós achamos ótimo. Procuramos então o Jonas Akerlund, que é um ótimo diretor. Queriamos fazer algo sensual e ao mesmo divertido", explica.

Como a banda agora é independente, eles mesmos tiveram de ir atrás de patrocínio para produzir o vídeo. "Deu muito trabalho, mas valeu a pena. Fazia tempo que um clipe nosso não dava tanto retorno. Todo mundo está falando nele."

"Girl Panic" é, ao lado de "Before the Rain" e "All You Need Is Now", uma das músicas do novo disco que deve ser tocada no SWU. O repertório ainda incluirá uma surpresa: uma rápida citação de "Relax", da banda Frankie Goes to Hollywood, sucesso de 1984. "Tocamos um trecho bem pequeno, junto com 'Wild Boys'. Quando o público percebe, já acabou", explica. "Combina com a gente, não é? Seria estranho se tocássemos 'My Way' ou 'Johnny B. Goode'."

O Duran Duran toca no domingo (13), segundo dia do SWU. Na mesma data, o festival ainda recebe nomes como Tedeschi Trucks Band , Peter Gabriel e Lynyrd Skynyrd , entre outros. Veja a programação completa do evento aqui .

Assista abaixo ao clipe de "Girl Panic", do Duran Duran:

null

    Leia tudo sobre: SWUDuran Duranmúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG