Público do SWU reclama de filas, visibilidade e som

Tendas montadas em frente aos palcos principais atrapalham visão de quem está ao fundo

Augusto Gomes, iG São Paulo |

Augusto Gomes
A bióloga Fernanda Capovilla aguarda o início do show dos Mutantes no SWU
Filas, visibilidade e som. Estas são as principais reclamações do público presente nesta primeira noite do festival SWU. As filas são onipresentes e aparecem já na hora de entrar na Fazenda Maeda, em Itu. Uma vez lá dentro, elas surgem principalmente na hora de comprar comida e bebida.

"Fiquei um tempão na fila da bebida, e só então me informaram que antes precisava retirar uma pulseirinha", reclama a bióloga Fernanda Capovilla, de 27 anos. "E para pegar essa pulseira, tive que entrar em outra fila enorme". Para consumir bebidas alcóolicas, é preciso usar uma pulseira que comprove que a pessoa é maior de 18 anos.

As filas nos banheiros, por outro lado, provocaram um efeito colateral: as diversas cercas vivas espalhadas pelo gramado foram transformadas em mictórios improvisados pelo público masculino. Por enquanto, o cheiro ainda não incomoda.

Outra reclamação de Fernanda é quanto à visibilidade dos shows. Os dois palcos principais ficam um ao lado do outro, mas na frente de cada um deles ficam tendas que encobrem os dois locais. Quem está atrás dessas estruturas só consegue ver alguma coisa se se colocar nas laterais do palco. O espaço à frente das tendas, obviamente, está lotado. As estruturas ficam a aproximadamente trinta metros de distância da grade que separa a pista normal da pista premium.

Para conseguir ver a performance dos Mutantes, Fernanda se espremia numa grande colocada atrás de um dos cantos da tenda em frente ao palco Água. Se alguém estivesse meio metro a sua esquerda, já não conseguiria ver nada. "Espero que eu consiga ver alguma coisa dos Los Hermanos", disse, referindo-se a sua banda mais aguardada.

Os problemas de som se concentram no palco Oi Novo Som. Como ele fica muito próximo à tenda eletrônica, a música vaza de um local para o outro. No show de Mallu Magalhães, quem estava à esquerda do palco escutava ao fundo as batidas da dupla The Twelves.

    Leia tudo sobre: swu

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG