Power trio Ash faz show vigoroso no SWU

Unindo melodias ganchudas com pequenas doses de distorção, banda realizou sonho de tocar no Brasil

Tiago Agostini, enviado a Paulínia |

O show dos norte-irlandeses do Ash foi uma aula de como fazer muito com pouco. O power trio - Tim Wheeler, voz e guitarra, Mark Hamilton, baixo, e Rick McCurray, bateria - tocou com volume alto e nítido para fazer um dos bons shows do palco News Stage.

Acesse o especial SWU

Divulgação
Show do grupo Ash no SWU 2011
Logo de cara, a banda tocou suas duas músicas mais conhecidas, "Girl From Mars" e "A Life Less Ordinary". O público indie do local - camisetas do Sonic Youth eram facilmente encontradas - vibrou. Se a banda disse realizar um sonho de tocar no Brasil, a plateia sentia o mesmo prazer.

Mesmo gastando de cara dois trunfos, o Ash fez um show perfeito para quem gosta de melodia. Ainda assim, uma apresentação barulhenta o bastante para fazer o público pular do início ao fim.

Muito da energia da banda vem da performance do baterista Rick McCurray. Tocando com vigor e velocidade, ele dá o tom do show. Tudo sem desafinar em momento algum nos backing vocals.

O show do Ash, sem dúvida, funcionaria melhor em um local fechado, com o público apertado. No entanto. a performance mostrou que a união perfeita de doses homeopáticas de distorção com melodias ganchudas pode dar certo em qualquer lugar.

    Leia tudo sobre: swuash

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG