Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Silval segue líder, mas não garante vitória no primeiro turno

Governador sente o clima de denúncias contra sua administração e reeleição passa a ser incerta

Marcello Sigwalt iG Brasília |

A campanha eleitoral ao governo do Mato Grosso este ano apresentou certa estabilidade na evolução das posições dos candidatos nas pesquisas de intenção de voto.

Desde o início, o governador Silval Barbosa (PMDB), candidato à reeleição, sempre esteve na dianteira dos adversários, mantendo a expectativa de vencer no primeiro turno.

Nas últimas semanas, porém, o quadro se alterou significativamente, com a queda vertiginosa do tucano Wilson Santos nas pesquisas, afinal ultrapassado por Mauro Mendes (PSB).

No mesmo momento, Silval parou de crescer, deixando uma incógnita sobre sua capacidade de vencer o pleito já no primeiro turno.

Nos últimos dias, o clima da campanha no MT tornou-se mais tenso, com a troca de acusações, denúncias e brigas judiciais entre os candidatos.

A divulgação de denúncias envolvendo superfaturamento de 44 milhões na aquisição de máquinas por licitação pelo atual governo acabou trazendo danos à imagem de Silval. 

O governador usou seu poder e conseguiu ‘convencer’ o TRE local a obrigar a mídia a retirar todas as matérias sobre o caso.

É nesse caldo de cultura incerto que a campanha chega ao seu final. Quanto mais se aproxima a eleição, a tendência de segundo turno em Mato Grosso fica mais forte.
 

Leia tudo sobre: Eleições MTEleições Introdução

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG