Silval, Maggi e Daltro não comparecem ao TRE-MT

Acusados de uso da máquina pública para promoção pessoal durante a campanha evitam depor na Justiça Eleitoral

Kelly Martins, iG Cuiabá |

O governador reeleito Silval Barbosa (PMDB), o vice Chico Daltro (PP) e o ex-governador e senador eleito, Blairo Maggi (PR), não compareceram para depor no Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) sobre suposto uso de recursos públicos para a confecção materiais publicitários utilizados na campanha eleitoral.

O grupo foi representado pelos advogados de defesa que acompanham a audiência conduzida pelo juiz da propaganda eleitoral Lídio Modesto.

Nesse momento, o empresário e jornalista João Pedro Marques presta esclarecimento como testemunha de defesa do governador, na ação interposta pela coligação do candidato derrotado ao governado Mauro Mendes (PSB).

Marques é sócio-proprietário da Cururu Comunicação e Editora, responsável pela publicação de 5 mil exemplares da revista.

O secretário de Comunicação Onofre Ribeiro e o adjunto da pasta, Elpídio Spiezzi Júnior, também serão ouvidos pelo juiz hoje, já que o material carrega o nome da Secom.


    Leia tudo sobre: Política MTPolítica SilvalPolítica Maggi

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG