Silval decide processar Mauro Mendes

Candidato à reeleição pelo PMDB, governador processará socialista por danos morais

Kelly Martins, iG Cuiabá |

O governador Silval Barbosa (PMDB) – que busca a reeleição – vai ingressar com uma queixa-crime e uma ação com pedido de indenização por danos morais contra o adversário na disputa Mauro Mendes (PSB).

O peemedebista alega ter sofrido calúnia pelo candidato do PSB que o acusou de ter comprado o apoio de prefeitos e de fazer ameaças para não correr o risco de ir ao segundo turno.

“As atitudes representam o desespero de um candidato que sabe que vai perder uma eleição. Todas as manifestações de apoio que tenho recebido até o momento foram espontâneas e refletem o reconhecimento de prefeitos e lideranças políticas”, ressalvou.

Os constantes ataques entre Barbosa e Mendes apontam que o tom da campanha deverá ser marcado, até o seu final, por batalhas jurídicas.

O candidato do PSB alega que o chefe do Executivo estadual estaria usando a máquina pública para oferecer aos prefeitos combustível e pavimentação asfáltica.

Mendes protocolou as denúncias na Polícia Federal e em um pedido para abertura de inquérito contra o governador.

“As denúncias são graves e decidimos pedir uma investigação policial”, reforçou o empresário-socialista.

A possibilidade de vitória de Silval no primeiro turno, como atestam as pesquisas, tem esquentado a campanha no Estado. 

Pesquisa Vox Populi, divulgada na segunda-feira (30), mostra liderança de Silval Barbosa, com 38% da preferência, enquanto Mendes está em terceiro na corrida, com 15%, pouco abaixo dos 18% do segundo colocado, o tucano Wilson Santos.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG