Seul pede retomada das conversações para desarmamento nuclear de Pyongyang

Coreia do Sul mantém a postura inflexível em relação a Pyongyang, depois que a Coreia do Norte bombardeou uma ilha sul-coreana

AFP |

O presidente sul-coreano Lee Myung-Bak pediu nesta quarta-feira a retomada das conversações multilaterais sobre o desarmamento nuclear da Coreia do Norte, em um aparente gesto de abertura, depois de ter recusado uma negociação com o colega norte-coreano.

"Não nos resta outra opção, temos que resolver a questão do desmantelamento do programa nuclear norte-coreano pela via diplomática, por meio de conversações entre seis países", disse o presidente Lee.

Pequim já havia proposto que as duas Coreias, Estados Unidos, China, Japão e Rússia negociassem o desarmamento nuclear norte-coreano, mas Seul, Washington e Tóquio haviam rejeitado a oferta sem um primeiro esforço "sincero" de Pyongyang.

A Coreia do Sul mantém a postura inflexível em relação a Pyongyang, depois que a Coreia do Norte bombardeou uma ilha sul-coreana no fim de novembro e matou quatro pessoas.

    Leia tudo sobre: CoreiaSCoreiaNNuclearMilitar

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG