Sem-teto de São Paulo ocupam prédios e terreno

Duas mil famílias ocuparam nesta segunda, dois prédios abandonados na região central e um terreno na zona sul de São Paulo

Agência Estado |

Segundo a Frente de Luta pela Moradia (FLN), foram ocupados o Edifício Prestes Maia, próximo à estação da Luz, e um edifício na Avenida 9 de Julho, 1084, que pertencia ao INSS.

As famílias também ocuparam um terreno na Rua Henry Martin, 120, em M'Boi Mirim. O uso dos três locais para construção de moradias de interesse social é uma antiga reivindicação do movimento.

Ivaneti de Araújo, coordenadora do Movimento Sem-teto do Centro (MSTC), afirma que 172 famílias despejadas em 2007 do Edifício Prestes Maia ainda não têm onde morar, apesar de muitos prédios na região central estarem vazios. "Há mais de 400 imóveis vazios no centro, com dívidas milionárias de IPTU, que poderiam se tornar moradia de interesse social", diz.

    Leia tudo sobre: sem tetoocupacãosão paulo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG