Seis pessoas são mortas e têm o coração retirado no México

Corpos foram encontrados em um prédio do bairro El Roble, situado na periferia de Cancún, o principal destino turístico do México

EFE |

A Polícia da cidade mexicana de Cancún encontrou neste domingo os corpos de três homens, duas mulheres e um menor de quem foram retirados o coração.

A Promotoria Geral de Justiça de Quintana Roo informou em comunicado que os cadáveres foram encontrados em um prédio do bairro El Roble, situado na periferia de Cancún, o principal destino turístico do México.

As autoridades foram alertadas por uma vizinha do local que descobriu um colchão manchado com sangue nas proximidades de um poço de água, por isso que avisou à Polícia.

Os primeiro policiais que chegaram ao local descobriram dois corpos debaixo do colchão, e pediram apoio à Cruz Vermelha e aos bombeiros para o resgate dos demais, que estavam no interior do poço.

Após várias horas de trabalho, a Polícia disse que no total foram recuperados seis corpos, todos com uma ferida no lado esquerdo do tórax, por onde era retirado o coração das vítimas.

O Serviço Médico Legista confirmou que a lesão apresentada pelos corpos foi realizada depois que as pessoas tinham morrido.

A Promotoria de Quintana Roo não revelou a causa da morte das pessoas. Por enquanto as autoridades desconhecem a identidade das vítimas e o motivo do crime, embora acreditem que o homicídio possa ter sido cometido como parte de algum ritual.

    Leia tudo sobre: iGméxicocoraçãomortos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG