Santos acusa Silval de desviar R$ 15 milhões

Tucano afirma que governador teria desviado montante durante a licitação para a compra de ônibus escolares

Kelly Martins, iG Cuiabá |

O candidato Wilson Santos (PSDB) cumpriu a promessa e apresentou nova denúncia contra seu rival Silval Barbosa (PMDB) na disputa pelo Palácio Paiaguás.

O tucano acusou o atual governador de desviar R$ 15 milhões do Governo durante a licitação para a compra de ônibus escolares.

A denúncia ocorreu, depois de sorteado o tema "corrupção", momento em que Silval questionou o ex-prefeito de Cuiabá sobre o escândalo que envolve as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) na capital, período em que comandou a capital.

No entanto, o tucano aproveitou a oportunidade para atacar o candidato à reeleição.

"Seu governo está muito mal em Saúde, Educação e Segurança Pública, mas está em alta quando o assunto é corrupção", disparou Santos.

O candidato do PSDB também voltou a lembrar a polêmica em torno da compra superfaturada dos maquinários para o programa “MT 100% equipado”, no valor de R$ 44 milhões.

Outra denúncia tucana foi o “perdão” da dívida da Fertipar, no montante de R$ 15 milhões. “Você (Silval) e seu governo são professores quanto a corrupção”, acrescentou.

Silval pediu direito de resposta, declarando que o edital para a compra dos ônibus escolares é do próprio Ministério da Educação e que apesar de já estarem em Cuiabá não foram distribuídos devido ao período eleitoral. 

O governador acrescentou que o novo escândalo é uma denúncia infundada, prática que, segundo ele, é recorrente do adversário.

    Leia tudo sobre: Eleições MTEleições debate

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG