Roriz acusa Agnelo de desviar R$ 256 mil

Ex-governador cita reportagem que denuncia petista por se apropriar de recursos do programa Segundo Tempo

Marcello Sigwalt - iG Brasília |

Acuado pelo crescimento do candidato do PT nas pesquisas de intenção de voto, Roriz resolveu partir para o contra-ataque.

Durante o programa eleitoral desta segunda-feira, Joaquim Roriz exibiu reportagem da revista Época, de 30 de maio último, em que Agnelo é acusado de desviar R$ 256 mil do programa Segundo Tempo, do Ministério dos Esportes.

Os valores constam do inquérito aberto pela Operação Shaolin, deflagrada pela Polícia Civil do Distrito Federal.

A reportagem cita, ainda, uma testemunha – não identificada pela produção de Roriz – que teria presenciado quando Agnelo teria recebido uma mochila contendo os R$ 256 mil desviados do governo.

No total, a Operação da PCDF apurou que o desvio de recursos públicos teria chegado ao montante de R$ 4 milhões durante a gestão do petista no Ministério do Esporte.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG