Rock in Rio realiza 2,6 mil atendimentos médicos

Frequentadores sofrem principalmente com entorses, luxações e pressão baixa

Marco Tomazzoni, enviado ao Rio de Janeiro |

Vivian Fernandez
Garota é resgatada da multidão no palco Mundo
Os postos médicos espalhados pela Cidade do Rock estão tendo trabalho. Até o final da tarde deste domingo (25), 2630 pessoas foram atendidas no Rock in Rio . De acordo com a organização, os principais motivos de procura foram entorses, luxações, dores de cabeça e pressão baixa.

Acesse o especial Rock in Rio

No primeiro dia do festival, a rede hospitalar responsável pelo serviço registrou 850 casos, que aumentaram para 1450 no segundo. Como a parcial de domingo, 330 atendimentos, só se refere até as 18h, quando nem todos os frequentadores conseguiram passar pelas catracas, o total deve aumentar consideralmente até a madrugada de segunda-feira.

Primeiro dia do Rock in Rio é marcado por filas e show de Elton John

Segundo dia do Rock in Rio é marcada pelas poças de água e shows medianos

    Leia tudo sobre: rock in rio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG