Metallica é destaque da noite do metal do Rock in Rio

Banda fechará a programação do palco Mundo, após Slipknot e Motorhead; público chega cedo à Cidade do Rock

iG Rio de Janeiro |

Vicente Seda
Fãs do Metallica fazem homenagem ao baixista original do grupo, Cliff Burton, cuja morte completará 25 anos nesta segunda-feira
A terceira noite do Rock in Rio é dedicada às guitarras pesadas. Cerca de 100 mil pessoas devem assistir a shows de Metallica, Slipknot, Motorhead e Coheed and Cambria.

Desde a noite de sábado já havia fãs do Metallica acampados do lado de fora da Cidade do Rock, à espera da abertura dos portões.

Este domingo é o dia em que a Cidade do Rock apresenta lotação mais rapidamente. Às 16h, o local já estava tomado de pessoas de roupa preta. Apesar disso, o trânsito no entorno não apresenta problemas.

Uma fila de três quilômetros se formou antes que os portões fossem abertos, às 14h. Mas já é calma a chegada dos fãs.

Seguranças e policiais vistoriam rapidamente os que entram na Cidade do Rock.

A Rock Street também está cheia, com apresentações que circulam entre o blues e o rock antigo. Impressionante mesmo foi a diferença de público no palco Sunset em relação aos primeiros dias. Desde o primeiro show deste domingo, de B Negão e Matanza, os metaleiros lotaram o local.

Siga o iG Cultura no Twitter

Vicente Seda
No início da tarde o público já enfrenta filas para comer
Na sexta-feira (dia 23), o evento transcorreu sob tempo seco. Já no sábado o público foi molhado pela chuva. Neste domingo, há grande possibilidade de chuva no Rio de Janeiro à tarde e à noite.

A primeira banda internacional a subir no palco Mundo será a Coheed and Cambria, às 20h10. O Motorhead deve iniciar seu show às 21h40. Depois, às 23h10, entra o Slipknot. O Metallica fecha a programação à 0h50.

Já o palco Sunset recebe Matanza com B Negão; Korzus com The Punk Metal Allstars (grupo formado por integrantes de Misfits, Destruction, Dead Kennedys eExodus), Angra com Tarja Turunen (da banda Nightwish) e Sepultura com os percussionistas Tambours Du Bronx.

Acesse o especial Rock in Rio

Serviço

Segundo a organização do festival, não será permitido entrar na Cidade do Rock com qualquer tipo de alimento ou bebida. O local terá uma praça de alimentação com lanchonetes, restaurantes, pizzarias, cafés e sorveterias. Todos os estabelecimentos terão máquinas de cartão de crédito e débito. Também haverá dez caixas eletrônicos do Banco Itaú no local.

Também será proibida a entrada com objetos que representem potenciais riscos de segurança, como capacetes, latas e garrafas. Na entrada da Cidade do Rock, haverá revistas para remoção de itens proibidos. Estão proibidas ainda a presença de filmadoras e máquinas fotográficas profissionais (que permitem a troca de lentes). Máquinas amadoras estão liberadas.

O único meio de chegar e sair da Cidade do Rock será de táxi ou ônibus. Não haverá estacionamento no local e nem nos arredores. Além das 14 linhas regulares de vários bairros da cidade que passam pelas proximidades da Cidade do Rock, o esquema implantará uma linha especial (Alvorada x Autódromo) para conexão com as mais de 30 linhas que chegarão ao Terminal Alvorada.

O serviço de ônibus especiais para quem comprou o RioCard deixará os passageiros no Rio Centro, a 250 metros da entrada da Cidade do Rock.

Na sexta-feira (23), a previsão para o Rio de Janeiro é de sol durante a tarde e de chuva à noite. No sábado (24), deve chover durante todo o dia. E, no domingo (25), a previsão é de pancadas à tarde e à noite.

A classificação do Rock in Rio é livre, mas a entrada de menores de 15 anos somente será permitida se comprovadamente acompanhados dos responsáveis legais, que deverão permanecer no local do evento enquanto o menor estiver presente.

Acesse o especial Rock in Rio

    Leia tudo sobre: Rock in Riomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG