Marcelo Camelo toca Los Hermanos para multidão devota no Rock in Rio

Cantor e compositor foi acompanhado pelos californianos do The Growlers

Marco Tomazzoni, enviado ao Rio de Janeiro |

Três músicas. Foi isso que fez a alegria de quem estava no palco Sunset no final da tarde deste domingo (dia 2) no Rock in Rio . Antes de Marcelo Camelo subir ao palco com os californianos The Growlers, o público na grade já pedia canções do Los Hermanos. Elas vieram e, bem, fizeram o resto não ter a menor graça.

AgNews
Marcelo Camelo no Rock in Rio

O Growlers é, segundo dizem, a banda favorita de Camelo. Talvez por isso tenham ganho tanto tempo do show, mais da metade. Não precisava. Com bigode e roupas de brechó, os norte-americanos seguem a linha retrô sessentista do rock indie atual, lembrando Beach Boys e Doors, mas com aquela postura pseudocool alardeada por Beck.

O vocalista Brooks Nielson tem voz esganiçada e aquele jeito nerd padrão, inclusive a extravagância. Embora o soft rock com pitadas jazzísticas não tenha perturbado, também não se fez relevante.

Camelo, pelo contrário, sempre era saudado com barulho. As músicas da carreira solo ("Ô Ô", "Mais Tarde") foram recebidas com respeito e disposição. Mas o que todo mundo, uma multidão que evitava Detonautas no palco principal, queria era ouvir era Los Hermanos.

Aí o que vem à tona é fanatismo, pregação. Camelo proclamou o evangelho através de "Além do que Se Vê", "A Outra" e (nem tanto) "Morena". Ele tocou ainda a marchinha "Copacabana", de seu primeiro disco solo. Os gringos sambaram. E acabou. Dose homeopática, que deve ter aplacado de leve a abstinência dos devotos.

Veja a lista de músicas do show de The Growlers e Marcelo Camelo no Rock in Rio:

"Sealion"
"Ô Ô"
"What It Is"
"Mais Tarde"
"Wandering"
"Menina Bordada"
"Empty Bones"
"Além do que se Vê"
"Acid Rain"
"Morena"
"Mashina"
"A Outra"
"Someone So In"
"Copacabana"

    Leia tudo sobre: Rock in Riomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG