Com hits, Cidade Negra ganha a plateia do Rock in Rio

Banda de reggae dividiu o palco Sunset com Emicida e Martinho da Vila

iG Rio de Janeiro |

Três gerações da música negra brasileira se encontraram na tarde desta sexta-feira (30) no palco Sunset do Rock in Rio . Martinho da Vila trouxe o samba, Cidade Negra a soul music e Emicidade, o rap. As milhares de pessoas que já tomam conta da Cidade do Rock se concentraram em peso para assistir.

A fórmula da apresentação seguiu a proposta do palco, mesclando canções solo de cada artista com colaborações. Saudado como "mestre", Martinho espalhou rodas de samba com "Disritmia" e "Samba dos Ancestrais", sem contar as parcerias com as filhas, na esteira do ao vivo "Lambendo a Cria".

Emicida provou que sabe comandar uma multidão e inspirou respeito sozinho ("Viva") ou acompanhando músicas dos companheiros.

Mas ninguém superou o poder dos hits do Cidade Negra, novamente com Toni Garrido nos vocais. O público só se levantava nos sucessos da banda - "Pensamento", "Onde Você Mora" e "A Sombra da Maldade" até hoje têm presença cativa nas rádios. Não foi a melhor parte do show (essa coube a Martinho), mas sim a única que empolgou de verdade.

Acesse o especial Rock in Rio

    Leia tudo sobre: Rock in Riomúsica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG