Eduardo Suplicy monopoliza o microfone em debates da Rio+20

Em longos discursos, senador acompanhou e se manifestou em todos os diálogos oficiais deste sábado no Riocentro

Valmir Moratelli , iG Rio de Janeiro |

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) roubou a cena durante os “Diálogos para o Desenvolvimento Sustentável” – evento criado pelo governo brasileiro, em que especialistas debatem temas ligados à sustentabilidade.

As recomendações que resultarem dos Diálogos serão levadas aos Chefes de Estado e de Governo presentes na Cúpula da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), a realizada de 20 a 22 de junho.

Leia o especial sobre a conferência no Rio de Janeiro

Suplicy esteve presente nos três debates deste sábado (16), no Riocentro, zona oeste do Rio. No primeiro, quando foi a vez da plateia presente fazer perguntas aos palestrantes, o senador pediu a palavra. O mediador informou que haveria tempo para cinco ou seis perguntas breves. Suplicy falou por vinte minutos. Não fez perguntas, mas considerações. Por causa disso, não houve tempo para que outros também conseguissem perguntar sobre o tema inicial dos diálogos: “Desemprego, trabalho decente e migrações”.

No segundo, debate, lá estava ele mais uma vez. Suplicy logo pediu a palavra e, como na primeira ocasião, falou bastante. Só deu tempo para mais uma pessoa fazer colocações sobre “Desenvolvimento Sustentável como resposta às crises econômicas e financeiras”. Era nítida a sensação de desconforto por parte do público presente com a demora do senador em suas considerações.

Suplicy voltou a pediu o microfone no terceiro debate do dia, já quase às 22 horas, com um tema que gosta de abordar – “Desenvolvimento Sustentável para o combate à pobreza”. O mediador, o americano Fred de Sam Lazaro, deu antes a palavra a outros participantes da plateia. Só no final, faltando cinco minutos para encerrar o debate, se dirigiu ao senador: “Obrigado pela paciência em esperar, senador Suplicy. Pode fazer suas considerações. O senhor tem cinco minutos”, disse ele, cordialmente. Suplicy ultrapassou o tempo em mais quinze minutos, quando já tinha gente indo embora.

    Leia tudo sobre: rio+20fórumsustentabilidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG