País vive onda de manifestações contra o governo desde o dia 25 de janeiro

O Egito vive uma onda de protestos sem precedentes desde o dia 25 de janeiro, quando manifestantes tomaram as ruas da capital, Cairo, e de outras cidades em protesto contra o governo do presidente Hosni Mubarak, no poder há 30 anos. A inspiração do movimento foram as manifestações que forçaram a renúncia do presidente da Tunísia e inspiraram mobilizações populares similares em outros países do mundo árabe .

Veja imagens dos protestos:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.