Veja imagens da crise na Líbia nesta quinta-feira

Forças de Kadafi conseguem recapturar cidade estratégica e filho de líder líbio alerta para grande ofensiva

iG São Paulo |

Forças leais a Muamar Kadafi retomaram nesta quinta-feira a cidade estratégia de Ras Lanuf depois de uma ofensiva por terra, ar e mar, derrota que fez vários opositores fugirem ao longo da estrada costeira e expôs uma mudança estratégica no levante de 24 dias que estremeceu as quatro décadas de governo do líder líbio.

A perda da cidade portuária foi confirmada no mesmo dia em que Saif al-Islam, filho mais notório do líder Kadafi, advertiu que a Líbia se prepara para uma ação militar em larga escala para reprimir a rebelião e não se entregará mesmo se as potências do Ocidente intervierem no conflito.

O Comitê Internacional da Cruz Vermelha disse nesta quinta-feira que o conflito escalou para uma guerra civil , e a população civil está sofrendo as consequências do aumento da violência na região.

Os EUA indicaram que não consideram mais Kadafi líder legítimo da Líbia ao suspender as relações com sua embaixada em Washington e ao encarregar a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, de se reunir com a oposição líbia .

Mais cedo, a França expressou sua desaprovação com a repressão do regime aos civis e reconheceu a liderança rebelde da Líbia - o Conselho Nacional Líbio (CNL) - como governo legítimo do país . Foi o primeiro país a reconhecer o CNL, que reúne vários grupos de oposição ao regime de Kadafi.

    Leia tudo sobre: líbiakadafimundo árabetrípolieuaonuotan

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG