TV líbia mostra novas imagens de Kadafi

Ditador aparece jogando xadrez, enquanto combates entre rebeldes e forças do governo matam ao menos 13 pessoas

iG São Paulo |

A TV estatal da Líbia exibiu neste domingo fotos do líder Muamar Kadafi num encontro com o presidente da federação internacional de xadrez. Enquanto isso, pelo segundo dia consecutivo, rebeldes enfrentam forças leais ao líder líbio na cidade de Zauiya, no oeste do país, trazendo a revolta contra o seu governo para poucos quilômetros da capital Trípoli, onde o Kirsan Ilyumzhinov, que também é governador de uma província russa, contou ter jogado uma partida de xadrez contra Kadafi. Segundo ele, o ditador líbio disse que não tem qualquer intenção de deixar o país, noticiou a agência russa Interfax.

Reuters
Kadafi jogou partida de xadrez neste domingo e reafirmou que não tem intenção de deixar a Líbia
Um porta-voz dos rebeldes na em Zauiya afirmou que 13 rebeldes e civis foram mortos durante os confrontos de sábado e que a principal estrada para a vizinha Tunísia, uma rota de abastecimento que manteve o país funcionando, apesar das sanções, foi fechada. A Otan anunciou que "toma as medidas necessárias para proteger os civis "a oeste da capital líbia". Neste domingo, a Aliança Atlântica continuou atacando Trípoli e seus arredores.

Zauiya foi cenário de combates em fevereiro e março. As forças de Kadafi abafaram aquela rebelião e usaram tratores para derrubar a mesquita central da cidade. Mas, no sábado, repórteres da Reuters disseram que os combates haviam recomeçado.

"A situação está ruim, muito ruim", disse à Reuters um porta-voz dos rebeldes, que se identificou como Ibrahim, por telefone de Zauiya, que fica a cerca de 50 km ao oeste de Trípoli. "Intensos combates estão acontecendo agora. As brigadas pró-Kadafi receberam reforços... Há muitos atiradores de elite nos telhados de edifícios e mesquitas. Eles são o maior perigo para os moradores", disse.

"A estrada costeira que liga Trípoli à Tunísia está fechada", afirmou. As brigadas estão controlando o lado leste da estrada, enquanto os revolucionários controlam o lado ocidental. "Os combates de ontem deixaram 13 mártires, incluindo um menino de sete anos."

Relatos de Zauiya não puderam ser confirmados porque os repórteres não puderam chegar à cidade. Autoridades em Trípoli dizem que não há combates intensos em Zauiya, apenas pequenos grupos que foram para lá, vindos de áreas ocupadas por rebeldes, para "criar problemas".

Balanço
A derrota da revolta anterior em Zauiya marcou o restabelecimento do controle de Kadafi na região ocidental da Líbia depois das primeiras semanas de caos, quando a população do país árabe do Norte Africano se revoltou contra as suas quatro décadas de governo. Três meses depois, o balanço de forças parece ter mudado, com Kadafi sofrendo pressão por causa das sanções, deserções de integrantes da sua equipe e ataques aéreos da Otan, que têm atingido seu complexo na capital.

Também no oeste do país, as forças de Kadafi bombardearam no domingo os arredores de Zenten, nas montanhas de Djebel Nefusa, região muito disputada entre rebeldes e tropas do governo, segundo correspondente da AFP no local. O movimento dos rebeldes chegou na cidade histórica de Gadamis, cerca de 600 quilômetros ao sudoeste de Trípoli, segundo fontes rebeldes. Gadamis, chamada de "Pérola do Deserto", é uma das mais antigas cidades da região pré-saariana na fronteira da Tunísia e Argélia, e é declarada patrimônio mundial pela Unesco desde 1986. No sábado, as tropas de Kadafi bombardearam esta cidade pela primeira vez desde o dia 15 de fevereiro, quando começaram os conflitos, disse a fonte rebelde. A informação não foi confirmada por fonte independente.

Os governos do Ocidente dizem acreditar que seja apenas uma questão de tempo até que o seu governo caia, enquanto os rebeldes estão gradativamente expandindo as áreas que controlam ar redor da cidade de Misrata.

* Com informações da Reuters e AFP

    Leia tudo sobre: libiakadafirebeldesconfrontos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG