Soldado morre por disparos de franco-atiradores na Síria

Presidente sírio ordena libertação de manifestantes detidos durante protestos contrários ao governo

iG São Paulo |

Um soldado morreu e outro ficou ferido nesta quinta-feira, quando franco-atiradores dispararam contra sua patrulha em Banias, noroeste da Síria, informou a agência oficial Sana.

"Um grupo de franco-atiradores disparou contra soldados quando patrulhavam a cidade de Banias. Um deles morreu e o outro foi ferido pelos disparos desta quadrilha de criminosos", afirmou.

Pouco antes, as autoridades e os habitantes de Banias haviam chegado a um acordo que permite a entrada do Exército na cidade para restabelecer a ordem, segundo Rami Abdel Rahman, presidente do Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH). As forças de segurança cercam desde domingo a cidade costeira, a 280 quilômetros de Damasco, após os violentos confrontos do último fim de semana.

Nesta quinta-feira também, o presidente sírio, Bashar Assad, ordenou que centenas de detidos durante protestos ocorridos no último mês sejam soltos. A ordem, anunciada pela TV estatal síria, é uma tentativa de o governo sírio acalmar os ânimos da oposição, que planeja um grande protesto para a próxima sexta-feira.

AFP
Foto tirada por celular mostra manifestantes detidos em protesto em Baida, na Síria
*Com AFP e AP

    Leia tudo sobre: síriaprotestosrevoltamundo árabebashar assad

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG