Protesto político em bairro de Damasco deixa 5 mortos

Em Sanamein, a aproximadamente 50 quilômetros ao sul da capital da Síria, outra pessoa morreu e cerca de 30 ficaram feridas

EFE |

Cairo - Pelo menos cinco pessoas morreram nesta sexta-feira em um bairro de Damasco e dezenas ficaram feridas por conta de choques entre forças de segurança e manifestantes da oposição, informou a rede "Al Jazeera".

Além disso, na localidade de Sanamein, a aproximadamente 50 quilômetros ao sul de Damasco, outra pessoa morreu e cerca de 30 ficaram feridas ao proibir que o Exército deslocasse para lá residentes de aldeias próximas para participar de uma homenagem a pessoas que morreram na mesma cidade na semana passada.

Desde meados do mês passado, grupos da oposição síria protagonizaram protestos para exigir reformas políticas ao regime de Bashar al-Assad, que está há 11 anos no poder, desde que sucedeu a seu pai, Hafez al-Assad.

A fim de evitar que fossem repetidos os protestos que se intensificaram desde o último dia 18, o Governo de Damasco decretou nesta sexta-feira dia de trabalho, contra da tradição do país e de quase todas as nações da região.

Segundo cálculos de organismos de direitos humanos, desde que começaram os protestos na Síria, houve mais de 100 mortos, entre elas 50 em Deraa e cerca de 20 em Sanamein.

* Com EFE

    Leia tudo sobre: SÍRIAPROTESTOS (Atualização)

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG