Prontos-socorros improvisados não dão conta de feridos no Cairo

Egípcios improvisam atendimento nas calçadas para atender feridos em confrontos com as forças de segurança

BBC Brasil |

selo

Manifestantes continuam entrando em choque com a polícia no Cairo. Um grande ato foi convocado nesta terça-feira , depois de mais uma noite de violência na capital. Os egípcios têm improvisado prontos-socorros nas calçadas da cidade para atender os feridos nos confrontos, mas essa solução não tem sido suficiente.

Leia também:
- Gabinete do Egito entrega pedido de renúncia em meio a protestos
- EUA alertam para atrasos na saída dos militares do poder no Egito

As forças de segurança tentam conter os protestos na Praça Tahir, que em fevereiro foi palco dos atos que levaram à renúncia de Hosni Mubarak . Os manifestantes temem que o governo interino queira manter o controle do país, mesmo após as eleições parlamentares egípcias, previstas para a próxima semana.

Mais de 20 pessoas morreram desde sábado, quando começou uma nova onda de violência. O conselho militar ainda analisa um pedido de renúncia do gabinete do premiê Essam Sharaf .

Assista ao vídeo:

    Leia tudo sobre: egitomundo árabehosni mubarakjunta militarpraça tahrircairo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG