Presidente iemenita insiste que não renunciará ao poder

Em discurso em Sana, Ali Abdullah Saleh fala em se sacrificar com "sangue e alma" pela população iemenita

EFE |

Sana - O presidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, reiterou nesta sexta-feira que não renunciará ao poder e se comprometeu perante milhares de seguidores a "sacrificar o sangue e a alma" pelo povo iemenita.

"Prometo-lhes que me sacrificarei com meu sangue e alma, e com o mais valioso, por nosso grande povo iemenita", ressaltou o líder em um breve discurso perante centenas de milhares de seus partidários na praça Al Sabain, no centro de Sana.

Após as grandes manifestações de apoio que recebeu ultimamente, Saleh recuperou forças frente às exigências da oposição política, que exige sua renúncia imediata.

Iêmen é palco de protestos contra Saleh desde o dia 27 de janeiro, embora tenham se intensificado em meados de fevereiro passado, no meio da onda de reivindicações democráticas, sociais e econômicas vividas por Oriente Médio e norte da África.

* Com EFE

    Leia tudo sobre: IÊMENCRISE

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG