Presidente Ali Abdullah Saleh não retornará ao Iêmen, diz fonte saudita

Expectativa era que líder retornasse da Arábia Saudita, onde recebe tratamento médico, nesta sexta-feira

iG São Paulo |

Opresidente do Iêmen, Ali Abdullah Saleh, hospitalizado em Riad após um ataque contra seu palácio em Sanaa em 3 de junho , "não vai retornar a seu país", afirmou nesta sexta-feira à AFP uma fonte do governo saudita.

"O presidente não voltará ao Iêmen", afirmou a fonte, que pediu anonimato. "Seu local de residência ainda não foi fixado", completou, dando a entender que Saleh pode deixar a Arábia Saudita.

AFP
Ali Abdullah Saleh recebe tratamento médico na Arábia Saudita desde ataque contra palácio presidencial, em 3 de junho (foto de arquivo)
Informações contraditórias circulam sobre o estado de saúde de Saleh. Autoridades iemenitas afirmaram que ele voltaria ao país para exercer o poder, assim que estivesse recuperado. A previsão é que o líder iemenita retornasse ao Iêmen nesta sexta-feira.

As incertezas sobre o estado de saúde de Saleh alimentam dúvida sobre o presidente iemenita, que recebe tratamento médico na Arábia Saudita e cedeu seus poderes provisoriamente ao vice-presidente do Iêmen, Abderabu Mansur Hadi, poderá voltar a desempenhar seu cargo.

Violência

Após a partida de Saleh para a Arábia Saudita, a

violência no Iêmen aumentou, com soldados do governo combatendo militantes islâmicos e combatentes tribais da oposição em duas cidades no sul do país

Washington teme que o braço da Al-Qaeda no Iêmen - um dos mais ativos da rede terrorista, responsável por várias tentativas de ataque contra os EUA - aproveite o caos para fortalecer sua base no país.

Na quarta-feira, dezenas de militantes da rede terrorista Al-Qaeda fugiram de uma prisão no sul do Iêmen após um ataque contra o complexo, disseram autoridades de segurança. Países ocidentais e a vizinha Arábia Saudita temem que a Al-Qaeda esteja se aproveitando da instabilidade no Iêmen para reforçar seu ponto de apoio no empobrecido país e lançar ataques na região.

*Com AFP

    Leia tudo sobre: iêmenchoquesoposiçãosaleheuaarábia saudita

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG